FANDOM


Miles edgeworth perfect prosecutor art

Miles Edgeworth

Miles Edgeworth é um dos personagens principais da série Ace Attorney e antigo amigo de Phoenix Wright.
Ele apareceu pela primeira vez como promotor em Turnabout Sisters. Uma pessoa muito séria, e que faz de tudo para conseguir o veredicto de Culpado. Mas, em Turnabout Goodbyes, Edgeworth foi para um tribunal como acusado e foi representado por seu "inimigo" Phoenix.
Depois de promover mais um caso, Edgeworth deixou o Escritório da Promotoria para tentar entender o que significa ser um promotor. Ele voltou depois em Farewell, My Turnabout, sendo conhecido como melhor promotor na América.
Edgeworth aparece como protagonista em Gyakuten Kenji (Ace Attorney Investigations: Miles Edgeworth) e Dick Gumshoe é seu parceiro.
Edgeworth

Foto do perfil de Miles Edgeworth.

Edgeworth2

Foto do perfil de Miles Edgeworth com 20 anos.

Dados Pessoais Editar

Profissão: Promotor de Justiça
Nome Brasileiro: Eduardo Spada
. Eduardo vem do germânico "Hadaward" ou "Eadweard" e significa "guardião/protetor de riqueza" ou "guardião/protetor rico", sendo a riqueza ser protegida é a própria sociedade e a ordem dos crimes que causam a prejudicam. Também utilizado por ser o nome que possibilita o maior número de apelidos.

. Spada como sobrenome existente adaptado do sentido dos sobrenomes originais de espada e afiado, já que ele é esperto e impiedoso; e é, ainda, utilizado, inclusive, pelo falecido filho do famoso desenhista Maurício de Souza chamado Maurício Spada, bem como ao personagem daquele, chamado Professor Spada. Possibilita trocadilhos referente a espada e afiado.

Nome Japonês: 御剣 怜侍 一 Mitsurugi Reiji
Nome Francês: Benjamin Hunter
Nome Espanhol: Miles Edgeworth
Apelidos: Du, Dudu, Edu, Eduzinho, Duzinho, Duduzinho, Ed, Duarte, Eduarte, Spadim, Spadinho, Spadacega etc.
Cor dos Olhos: Castanhos
Altura: 1,78 m
Ano de Nascimento: 1993
Episódo de Estréia: Turnabout Sisters
Idade durante a estréia: 24
Família: Gregory Edgeworth (Pai), Manfred von Karma (Mentor e pai adotivo) e Franziska von Karma (Irmã adotiva).

História Editar

Infância Editar

Teenymiles

Miles no colégio, quando criança, defendendo Phoenix.

Em 2001, quando tinha 9 anos, Larry Butz roubou seu dinheiro do almoço. O suspeito na hora foi o aluno Phoenix Wright, que não foi a aula de educação física naquele dia por causa de uma gripe. Mais tarde teve um julgamento na classe tendo Phoenix como acusado. Todos acusaram Phoenix, mas Edgeworth o defendeu, dizendo que ninguém tinha provas contra ele. O julgamento acabou e os três viraram amigos quase inseparáveis. Edgeworth falou pra eles sobre seu pai, Gregory Edgeworth, um famoso advogado criminal, que ele idolatrava.

Incidente DL-6 Editar

Em 28 de Dezembro de 2001, Miles foi ao Tribunal para acompanhar um dos julgamentos de seu pai, Gregory Edgeworth, que estava num caso contra Manfred von Karma. Durante o julgamento, Gregory mostrou uma prova de que Von Karma havia falsificado evidências. Por culpa dessa acusação, von Karma recebeu sua primeira e última penalização. Contudo, von karma ainda venceu o caso e o cliente de Gregory foi declarado Culpado (Guilty). Depois do julgamento, Miles e Gregory saiam do Tribunal pelo elevador junto com Yanni Yogi.
Aproximadamente as 2 da tarde, um terremoto começou e a energia do tribunal caiu, dexando Yogi e os dois Edgeworths presos no elevador com pouco oxigênio. Durante as 5 horas sem energia, Yogi se descontrola e ataca Gregory. Miles viu uma pistola caida no chão e jogou ela em Yogi para que ele não matasse seu pai. Houve um tiro e um grito horrível e Miles desmaiou.
Esse acontecimento ficou em seus sonhos por 15 anos. Edgeworth desenvolveu uma fobia a terremotos e achou que o tiro disparado acidentalmente por ele, foi o que matou seu pai.
Depois disso, Edgeowrth foi adotado por Manfred von Karma e foi treinado para ser um promotor. Durante esse tempo ele conheceu a filha de von Karma, Franziska von Karma.

O Primeiro caso como promotor Editar

Prosecutorbadgescan

Distintivo de Promotor

Artigo Principal: Turnabout Beginnings
Edgeworth se tornou promotor com a idade de 20 anos e era considerado um gênio. Seu primeiro caso foi contra a advogada novata Mia Fey, que também estreava no tribunal. Seu caso era contra Terry Fawles, que era acusado de assassinar a Sargento Valerie Hawthorne, uma policial que testemunhou contra ele em outro caso 5 anos antes.
Fawles morreu, tomando veneno no meio do Tribunal. E a testemunha Dahlia Hawthorne deixou o Tribunal com um sorriso no rosto.

Rumores de fraude Editar

Artigo Principal: Incidente SL-9
Mais tarde, Edgeworth foi promotor contra Joe Darke durante o Incidente SL-9. Joe foi acusado de assassinar Neil Marshall, que já promoveu diversos casos contra ele por vários assassinatos. Joe foi declarado culpado, mas com or rumores de que as evidências apresentadas nesse caso foram falsificadas, Edgeworth ficou conhecido como "Advogado Demônio".

Reencontro com Phoenix Wright Editar

Artigo Principal: Turnabout Sisters
Edgeworth manteve seu recorde de vitórias perfeito até Turnabout Sisters, quando ele reencontrou seu amigo de infância, agora advogado de defesa, Phoenix Wright. Maya Fey foi acusada de assassinar sua irmã Mia Fey. Quando a testemunha, Redd White, confessou o crime, Edgeworth teve seu recorde quebrado. E para um advogado novato.

O Falso suicído Editar

Confuso com as acusações, Edgeworth escreveu uma nota escrito: "Promotor Miles Edgeworth escolheu a morte". Então ele deixou a America e todos pensaram que ele havia se suicidado.
Quase um ano depois, Edgeworth retornou e promoveu mais um caso contra Wright(Farewell, My Turnabout) e venceu.
Depois Edgeworth saiu pelo mundo para estudar as leis.