FANDOM


Case1art.png

O Primeiro Caso

Episode 1: The First Turnabout (O Primeiro Caso) é o primeiro episódio de Phoenix Wright: Ace Attorney e mostra o primeiro caso de Phoenix Wright como advogado. Ele defende seu amigo de infância Larry Butz do assassinato de sua namorada Cindy Stone.
Esse episódio é o menor das séries, pois contém apenas uma fase de julgamento e apenas uma testemunha.

Dados do Caso Editar

Testemunhas Editar

Outros Presentes no recinto Editar

Lugares Editar

O Crime Editar

Frank Sahwit, é um ladrão comum, que, disfarçado de vendedor, tentou roubar o apartamento da modelo Cindy Stone. Ao chegar, ele esperou que o apartamento ficasse vazio, e viu Larry Butz saindo. Então ele decidiu entrar para pegar coisas de valor antes que alguém voltasse. Mas, enquanto ele vasculhava o apartamento, a dona, Cindy Stone, chegou e o pegou de surpresa.
Sahwitweapon2.png

Sahwit na hora do crime.

Tentando se defender, ele pegou a primeira coisa que viu, um relógio no formato da estátua "O Pensador", e acertou a vítima na cabeça com ele, matando-a. O relógio marcava 1:00, e, por causa no impacto, anunciou a hora, assustando Sahwit.
Pensando rápido, Frank decide por a culpa no rapaz que ele viu saindo do apartamento. Como o prédio estava sem energia na hora, ele desceu até a rua e com um orelhão, chamou a polícia. Quando eles chegaram, Sahwit deu seu testemunho e Larry Butz foi preso.

O Julgamento Editar

Phoenix Wright, chegando ao tribunal, estava muito nervoso, pois esse seria seu primeiro julgamento como advogado de defesa, e o crime ainda era homicídio. Mas sua mentora Mia Fey apareceu na Sala de Acusados e lhe deu apoio moral e uma cópia da Autópsia da vítima. Phoenix encontra também o seu cliente, que gritava desesperadamente, Larry Butz. Larry achava que sem seu amor, não viveria, queria morrer também. Phoenix tentava acalmá-lo.
No tribunal, Phoenix Wright e Winston Payne iniciaram o julgamento e o juíz fez um breve teste com o novato Phoenix Wright para ver se ele estava preparado para o caso, perguntando o nome do acusado, o nome da vítima e, por fim, a causa da morte.
Winston Payne apresentou ao tribunal a arma do crime, uma estátua com formato de "O Pensador".
Larry foi chamado e ele gritava dizendo que ele e Cindy foram feitos um para o outro. Mas Payne conta um possível motivo para o crime: ele revela uma verdade cruel a Larry: ele havia sido traido, pois Cindy tinha muitos "amigos" ricos que lhe pagavam pelos seus "serviços". Winston perguntou a Larry se ele foi ao apartamento na tarde do crime. Larry disse que sim, mas quando ele chegou lá ela não estava em casa, por isso foi embora. Promotor Payne diz que há uma testemunha que pode provar o contrário.
Sahwitmemory2.png
A promotoria chama Frank Sahwit para dar testemunha. Ele conta que descobriu o corpo as 13:00, e como estava sem energia na hora não pode usar o telefone da vítima. Phoenix desmente ao mostrar o Informe de Autopsia, que marca 16:00 como hora da morte. Sahwit então, diz que ouviu a hora na televisão, de algum programa gravado, o que não era possível já que não tinha energia elétrica, segundo o relato apresentado pelo própio Winston Payne. Em seguida disse que viu na estátua "O Pensador", mas ele não poderia saber que era um relógio, a não ser se tivesse pego, provando que ele entrou no apartamento. O Tribunal faz o relógio funcionar para provar que estava funcionando no dia, e o relógio estava com três horas de atraso.
Sahwit fica muito nervoso e atira sua peruca em Wright. Ele pediu uma prova definitiva que o relógio estava atrasado no dia do crime, do contrário a culpa não seria dele. Phoenix apresentou a evidência decisiva, o passaporte de Cindy que mostrava que ela havia viajado no dia anterior ao crime para Paris. O relógio estava nove horas adiantado para se ajustar a hora de Paris, e não três horas atrasado, como todos pensavam. Sahwit foi preso e desaia no fim e Larry ficou livre das acusações.

Depois do Julgamento Editar

Mia parabeniza Phoenix pela sua vitória. Larry aparece chorando e gritando, dizendo que Cindy não gostava dele. Phoenix mostra a estátua "O Pensador" feito por Larry, um para Cindy e um para ele mesmo, provando que Cindy não carregaria um relógio tão pesado se não tivesse um bom motivo. Larry dá a Mia, a segunda estátua "O Pensador", que ele havia feito para si durante o namoro com Cindy. Phoenix e Mia vão jantar.

Galeria Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória